Beijinho na Cilada de Vanguarda dos anos 90


“Aiinnn recalque” – Wal

“Molejo >>>>>> abismo >>>>>Beatles” – Ricardito

“Gosta de cagar regra em fio?” – Andréa

“A música morreu” – Sebastião

Tem umas coisas que eu não entendo. 

Padrão nacional de tomadas, não entendo. Estados Unidos não usarem o sistema métrico, não entendo. Arroz com passas, não entendo. Dunga ter sido técnico em uma Copa do Mundo, não entendo. Ficar olhando um cadáver num caixão durante um dia, não entendo. Caipi-Saquê, não entendo. Paulista chamar biscoito de ‘bolacha’, não entendo.

O fanatismo HUEHUE BR com o pagode dos anos 90. Não entendo. 

PS.: Entenda o que é o HUEHUEHUE BR.

Molejo_por_Luiz_Cláudio_Sobreira_(1)

HUEHUEHUE BR

Antes de você tirar as pedras do bolso, deixe eu explicar onde quero chegar com isso.

Fanatismo de qualquer espécie, de qualquer origem ou destino é simplesmente errado. NENHUM fanatismo é saudável.

Tem muita gente hoje que é muito absoluta em tudo, são os Sith dessa galáxia. “O que eu gosto é foda, mais foda que qualquer outra coisa. Se você não concorda comigo eu te odeio, morra seu recalcado!”. Ninguém aprende a relativizar. Qualquer merda é “genial”, “melhor de todos os tempos” e outras hipérboles. Esse pessoal que se amarra nos anos 90 — que é o mesmo pessoal que até outro dia se rasgava todo por qualquer bosta dos anos 80 — é dado a essas coisas.

Eu não estou, de forma alguma tirando o valor de qualquer gênero musical. Cada um tem o direito e o dever de gostar do que quiser, seja lá o que for. Esse pacotão de pagode dos anos 90 que está explodindo de novo agora, na minha opinião, nem tem tanto a ver com a qualidade musical dos mesmos e sim um misto de nostalgia (que faz com que tudo do passado seja muito melhor do que o do presente – mesmo as coisas ruins, que odiávamos na época, mas que de certa forma tenham alguma conexão emocional com a nossa infância/adolescência) com repulsa ao que temos hoje.

Se eu fizer um post falando da música “Papo de Jacaré” da esquecidíssima ~banda P.O Box, vai ter gente rasgando o cu com a unha falando de como era bom, de como era legal, de que aquele tempo não volta mais. Não cara. Não era. Era uma merda inacreditável, mas fez sucesso.

Raça-Negra-Férias-no-Ceará

O ‘pop’ romântico, ou Pop Luan Santana – ex-Sertanejo Universitário, o funk funk ou o ostentação, ou qualquer outra coisa que faça dinheiro é tão bom quanto o que bombava naquela época. O que era pop nos 90 agora é nostálgico, é nicho, vintage. O que tivemos que suportar de festas tocando Ursinho Blau Blau, Balão Mágico, Olhar 43 e Lua de Cristal na década passada, vamos ter de suportar Brincadeira de Criança, Ciúme de você, Carrinho de Mão e Rala Na Boquinha da Garrafa.

O que é até bom, porque eu acho que vou me dar um tiro na próxima vez que ouvir Balão Mágico numa formatura ou num casamento.

Na primeira década desse século ninguém tava nem aí pro pagode. Agora é a melhor coisa do mundo, ó meu deus estou morrendo. Essa semana o mundo pareceu ganhar cores e toda a experiência humana na terra fez sentido depois de uma banda indie ter gravado um cover do Molejo. “Melhor cover da história”“Zeraram o mundo”“É isso, o mundo pode acabar agora”, “Genial” (várias vezes) foram algumas das coisas faladas sobre isso.

Fala mal dos 'alienados' que veem BBB mas compartilhou 'Beijinho no Ombro' como se fosse a 5a Sinfonia de Bethoven

Fala mal dos ‘alienados’ que veem BBB mas compartilhou ‘Beijinho no Ombro’ como se fosse a 5a Sinfonia de Bethoven

Menos né gente? Eu não vou ficar aqui citando centenas de outros covers muito melhores porque eu vou ser muito mais babaca do que eu já estou sendo. O meu ponto aqui é outro. O meu problema não é você gostar disso, veja bem. O meu problema é com o exagero, com a rasgação e principalmente, por você gostar disso por causa da modinha. Isso é que me irrita.

Proponho aqui um exercício imaginativo prático. Você só pode escolher um show para ir, todos acontecerão no mesmo dia e horário, não terá que pagar nada. Qual dos shows abaixo você escolheria ir:

O último show dos Beatles; O último show do AC/DC; O último show do Led Zeppelin; O último show do Molejo; O último show do Raça Negra.

Viu? Esse é o meu ponto. Quem é fã mesmo, de verdade, eu respeito totalmente. Nós sempre nos rasgamos por nossos ídolos, e os defendemos e tudo mais. Faça o que fizer, apenas seja coerente, por favor.

Bando de poser.

.

You may also like

12 Comentários

  • Mateus Xavier Henriques
    23/01/2014 at 21:13

    É bem por crescer e ser adolescente nos anos 90 que eu odeio axé, pagode, faustão, mini série da globo, panico e novela. Me lembro numa viagem para Porto Seguro quando, ao entrar numa barraquinha, tocou uma música dos Engenheiros do Hawaii. Aí eu pensei “poxa, ate que vai ter alguma coisa boa”, foi apenas a calmaria antes da tempestade, depois disso foi só “bicicletinha”, “manivela”, “garrafa” e o diabo a quatro, uma tortura.

    Eu concordo que é questão de gosto, cada um consome o que quiser, eu só não aceito ter que escutar essa merda num churrasco ou festa e ter que achar isso bacana.

  • lovemaltine
    23/01/2014 at 20:58

    Obrigada, Pedro.

  • Marcelo Oliveira
    23/01/2014 at 20:41

    Belo texto, Pedro. Hoje em dia temos muito mais formadores de opinião que, da mesma forma que grande parte dos formadores de opinião da grande massa do século passado, incentivam de uma forma ou de outra o “estou-divulgando-essa-merda-porque-faz-sucesso-,-veja!”.

    Concordo completamente com o teu texto. Mas é utopia achar que um dia as pessoas vão parar de gostar de algo só por ser modinha. Acho mesmo é que cada vez mais teremos mais e mais merda circulando por aí – e sujando nossa vida.

    • Pedro Américo
      23/01/2014 at 20:46

      É foda, porque você acaba encontrando muita gente é a vida toda um quadro em branco. O cara vai preenchendo com o que tá na moda. Não é raro ver grupos de pessoas que são idênticas umas as outras.

      Falam das mesmas coisas, vão aos mesmos lugares, escutam as mesmas músicas…. ó o tanto que é chato isso?

      O problema nem sempre é a merda circundante, é a merda reciclada com roupa nova.

  • orogeriolima
    23/01/2014 at 20:15

    Molejo > Beatles e sempre será. Abraço.

    • Pedro Américo
      23/01/2014 at 20:18

      Num churrasco, festa de qualquer tipo, no calor, com a galera eu concordo totalmente.

      Em casa, na chuva, escrevendo, olhando pra janela, no ônibus eu não acho.

      Ps.: espero que vc tenha entendido o que eu quis dizer no texto. Pq vc é True. Se você escolher o ingresso do Raça ou do Molejo eu acredito.

      • orogeriolima
        23/01/2014 at 20:27

        Caiu na pilha então vamos lá kkkkkk. Tem quem goste e gosta de ouvir em qqr lugar. Eu, por exemplo, ouço. Não todo dia, mas ouço. Não iria num show dos Beatles muito menos no do AC/DC nem se me dessem muito dinheiro pq não gosto. É sempre questão de gosto. Tem gente q acompanha a “onda”? Sim. Tem gente que é MUITO fã? Sim. Tem quem é “sazonal”? Sim, inclusive, ouviu muito P.O. Box e Vinny e gostou. O importante é não generalizar. Bjs.

        • Pedro Américo
          23/01/2014 at 20:33

          Pois ééé cara… eu tentei ao máximo dizer isso aí sem ser (muito) babaca. Gostar da parada — qualquer que seja — não é problema nenhum.

          Discordar ou não gostar de algo que uma pessoa gosta não é problema nenhum, longe disso. O que me irrita é o negócio do poser e a parada de às vezes é demais saca?

          É tipo o negócio do menino ganhando o Nintendo 64, só que para QUALQUER PEIDO. Isso não faz sentido pra mim, a pagação de pau exagerada.

          Mas eu não sei se consegui deixar claro….

          • orogeriolima
            23/01/2014 at 20:38

            Sim! Esse é o “sazonal”. É o típico target da Globo. hauehauehuaheuhaue Entendeu onde quis chegar?

    • Mateus Xavier Henriques
      23/01/2014 at 21:03

      Nunca será.

LEAVE A COMMENT

Quem?

Pedro Turambar

Pedro Turambar

Gosto de escrever, reclamar e não tenho controle sobre chorar. Escrevo há 10 anos sobre a loucura de viver em sociedade, futebol e falo bem e mal das coisas que leio, vejo e ouço.

Newsletter - ¡Desmotive-se!

Fanpage

Mais

Arquivos