Browsing category Crônicas do Cotidiano

A luz da varanda


Sempre achei a ideia de mudar um tanto bizarra. Pessoas criam raízes e fazem coisas estranhas e nojentas em suas casas. As paredes de qualquer lugar já viram coisas do arco da velha, que deve lançar flechas élficas +20. Morei na mesma casa de antes de nascer aos 19 anos. Fui para Belo Horizonte e,

na imagem, uma balança de peso

O gordo, a pergunta e o buraco


Sou gordo. Já fui “gordinho”, já fui “forte”, já fui “vai emagrecer quando espichar”. Sempre convivi com questionamentos sobre meu corpo, meu peso, minha relação com ele e pessoas me olhando, julgando, etc. A gente meio que aprende a ignorar isso, ou tomar como elogio. Mas esse dia eu não consegui. Estava saindo de casa

Parar de fumar


Há dois tipos de pessoas que eu não suporto: ex-fumante, ex-gordo. O ex-fumante e o ex-gordo já foram pessoas do bem, pessoas legais que, por causa de uma coisa que eles tinham ou faziam em abundância e não têm ou fazem mais, tornaram-se pessoas insuportáveis. O que me irrita nessas pessoas que são “ex” alguma

Pessoas Sem Avatar


Eu nunca tive problema com a tal “Orkutização” das coisas. Antes do Orkut ‘orkutizar’, havia uma certa ojeriza à maravilha da inclusão digital. As pessoas brancas, ricas e de bom gosto (duvidoso) não queria seu espaço invadido por um bando de qualquer-cor, pobres e de péssimo gosto (também duvidoso). “Ai que saco!” diziam eles, revirando

Eu escrevi um livro!


Pois é, acredite ou não eu escrevi um livro! Quem diria que esse bendito blog renderia, 7 anos depois, uma coisa dessas. O nome do livro veio da seção principal deste blog: Crônicas do Cotidiano, e eu queria, além de pedir educadamente que você compre o livro, contar um pouco de como foi que, de repente,

1 2 3 9

Quem?

Pedro Turambar

Pedro Turambar

Gosto de escrever, reclamar e não tenho controle sobre chorar. Escrevo há 10 anos sobre a loucura de viver em sociedade, futebol e falo bem e mal das coisas que leio, vejo e ouço.

Newsletter - ¡Desmotive-se!

Fanpage

Mais

Arquivos