Sociedade Alternativa // Os blogueiros e a justiça na internet: grande piada!

Eu não acreditava mesmo que eu iria escrever sobre coisas tão sérias neste blog, chegando ao ponto de não fazer piadinhas de mau gosto. Tanto este quanto o último artigo postado por mim merecem seriedade total.

Não sei o problema que há na Justiça deste país, onde somos obrigados a ver todo o tipo de desmandos e atitudes ridículas do nosso judiciário: aqui , aqui e aqui estão bons exemplos de formas como nosso judiciário não deveria agir, afinal estamos tentando buscar ainda o bem do país, não é mesmo?

justiça na internet

Francamente minha paciência com isto acabou totalmente depois que vi está notícia no blog do Monthiel, antes tendo lido também está matéria publicada no G1. Não sei mesmo onde a internet e a Justiça na internet vão parar, mas parece que estamos começando a perder o foco no que realmente é importante e relevante para nosso país, enquanto nosso Judiciário parece muito preocupado em estancar “brincadeiras de criança”. A internet está virando um lugar complicado para se relacionar – sempre foi, mas tende a aumentar – e o Brasil ainda não está pronto para conceber uma maneira de tratar crimes na internet e punir aqueles que realmente merecem ser punidos, os criminosos.

Acho que todos merecem realmente respeito, independente de raça, credo ou modo de pensar, tanto os blogueiros quanto os comentaristas que realmente buscam um confronto saudável. Mas será que é realmente necessário que os blogueiros agora comecem a apelar para a Justiça em busca de caçar comentaristas maldosos? Moderar ou bloquear os comentários não seria algo mais inteligente ao invés de fazer a Justiça brasileira “perder seu tempo” em busca de pessoas que não merecem um pingo de atenção, enquanto há tantos pedófilos e neo-nazistas assombrando nossas comunidades virtuais? Sim, isso mesmo que você leu: perder seu tempo! Nossa Justiça é um fracasso, lenta e fraca para os crimes na internet, onde os projetos visam mais favorecer as grandes empresas monopolistas do que realmente a população. Os maiores criminosos no final são os que fazem download ilegal, e não os que pregam o racismo e a pedofilia.

Imagine agora se todos os blogueiros resolvessem entrar na Justiça para cada comentário maldoso publicado em seus blogs. O que aconteceria? Por que tantas pessoas resolvem deixar para lá enquanto outras escrevem matérias sobre comentários ou vão falar sobre isto em sites de notícias? Realmente é este nosso objetivo enquanto “donos das mídias independentes de informação”? Será que o objetivo da Justiça na internet é coibir ofensas virtuais ou punir culpados por crimes mais graves? Se formos tomar o que acontece na internet para a nossa vida real, iríamos entrar na Justiça quando formos xingados no trânsito? Eu posso apenas rir de atitudes como estas, para mim é o retorno do velho “vou chamar minha mãe!”, aquilo que eu fazia quando brigava com um amiguinho no pré.

justiça na internet 2

O caso do Techcrunch em nada se parece com cyberbullying e ofensas virtuais, como o portal Global de informação parece tentar induzir. Interessante o modo como o G1, feito por tantos jornalistas “renomados e poderosos” da Globo, parece querer desvirtuar o ponto principal: ameaças de morte são atitudes gravíssimas de um ser humano e um crime que realmente merece investigação.

Vale lembrar que enquanto nós mantemos uma conversa dessas de algo que já existe desde os primórdios da internet, e eu como um dinossauro virtual sei muito bem do que digo, perdemos o foco do que realmente é importante ser investigado. Parece que a nossa blogosfera e imprensa pouco se diferencia do Google. Enquanto o Blogger e o WebSheriff se preocupam em apagar posts com MP3 gratuitas e legalizadas, nossos comunicadores e nossa Justiça estão mais preocupados com xingamentos em blogs do que com pedófilos. E assim caminha a humanidade…

***
1- Mac é para os fracos! Eu apoio o Windows! Rafael Galvão também, e você?

2- E em breve, muito breve, o Lablogatorios se tornará o ScienceBlogs Brasil. Eles sim tem relevância na meritocracia informal da internet. Amanhã, um novo marco na internet brasileira.

3- Eu leio um monte de blogs todo dia, recomendo esta tirinha do Um Sábado Qualquer e um vídeo do que acontece quando um repórter vai cobrir uma queima de pés de maconha no Cogumelo Louco.